Deborah Secco com a filha na Glamour Vimer assina vitrine cenográfica Karl Lagerfeld para Riachuelo Pesquisa exclusiva de Dove mostra que mais de 90% das mulheres sofrem pressão para terem os fios de acordo com os estereótipos de beleza nacionais Como usar Slip Dress A Stylight Brasil produziu um vídeo bem divertido de moda THE WEEKND, LADY GAGA E SAM SMITH SE APRESENTAM NA CERIMÔNIA DO OSCAR 2016

Deborah Secco com a filha na Glamour

Escrito por Andrea Fialho em . Postado em Celebridades, Estilo

Em entrevista exclusiva revela:

Glamour – O primeiro mês com um bebê é o mais, digamos assim, desafiador. Como foi pra você?

Deborah – Complicado. Ninguém me avisou que a criança não dá amor no primeiro mês! Ainda mais no meu caso, que não amamentei. Sentia que, qualquer pessoa que estivesse ali trocando fralda, dando banho e mamadeira, pra ela estava bom. É uma dedicação absurda, o bebê demanda de 3h em 3h cronometradas. Aí você sente que dá muito e não recebe nada em troca. É frustrante.

Glamour – Você conseguiu “desligar” do mundo lá fora?

Deborah – É muito louco. Parece que sua vida para. E você acha que ela vai parar pra sempre, que nunca mais vai fazer o que fazia, ser o que era… Demora um tempo pra descobrir que, sim, você vai voltar a fazer as suas coisas, mas que também não vai querer fazer tantas coisas. Você vai virar uma pessoa diferente. No segundo mês da Maria, comecei a ver que as minhas prioridades já eram outras, porém no primeiro mês é como se eu tivesse aberto mão de mim.

Glamour – Você se sentiu muito cobrada?

Deborah – Demais. A sociedade cobra e eu também eu me cobrava: “Por que não estou superfeliz? Por que eu não estou tão feliz como achei que estaria?”. E ninguém tinha me falado que me sentiria confusa assim! Tudo era muito: a tristeza era muita, a alegria era muita.

Glamour – Qual sua maior gratidão em relação a ela?

Deborah – Minha mãe acreditou muito nos meus sonhos. Falei que queria ser atriz aos 6 anos, que meu nome ia ser o primeiro da abertura da novela da Globo! A gente morava em Jacarepaguá, as chances de isso acontecer eram bem remotas [risos]. Ela ia aos testes comigo, chorava junto quando eu não passava. Sim, porque foram 990 frustrações para 10 alegrias… foi minha motorista, minha parceira, minha maior incentivadora. Sempre me disse: “Seja o que quiser, mas não dependa de ninguém na vida”. Me passou valores tão preciosos…

Glamour – Pra gente finalizar, tenho que comentar que te vimos de maiô na sessão de fotos e… você já está com um corpo inacreditável!

Deborah – Agora estou até tentando ganhar um peso porque estava muito seca. Cheguei a 7% de gordura há umas semanas. Daí fico musculosa demais, com veias, não gosto.

Glamour – Durante as fotos, você falou sobre a dieta que encarou, que te fazia ficar até 20h sem comer… como é isso?

Deborah – Chama-se jejum intermitente, uma dieta low carb e high fat. Foi prescrita pela minha nutricionista, a Fernanda Muller, quando eu estava com seis meses de gravidez. Já tinha engordado 19kg e precisava de uma dieta sem restrição calórica. Então, eu basicamente podia comer até ficar saciada. E olha que eu tinha muita fome! Foi graça à dieta que não engordei 40kg, porque é o que aconteceria…

debora secco revista glamour

 

Glamour – Explica como é a dieta?

Deborah – Você só pode comer quando tem fome. Essa é a regra número um. Tem que se perguntar: “Eu comeria a pior comida do mundo agora?”. Pra mim é peito de frango grelhado. Então eu penso: “Eu comeria um peito de frango agora?”. Se sim, é porque estou realmente com fome, e não com vontade de comer. Tudo o que é bicho (carne, frango, peixe) e planta estão liberados. Eu como bacon todos os dias, por exemplo. Pode comer queijo e ovos. Quando estou com muita fome, com vontade de comer pizza, por exemplo, eu como brócolis, queijo e bacon. Depois disso, duvido que alguém tenha vontade de comer mais alguma coisa. A gordura e a proteína saciam por muito mais tempo.

Glamour – E qual é o intervalo entre as refeições?

Deborah – Quando eu chegava no estágio de fome, comia seis bifes com queijo, quatro ovos, bacon… daí só sentia fome 10h depois. Quanto mais gordura, mais tempo entre as refeições. Quando quis secar, cheguei a comer de 23h em 23h! É possível.

Glamour – Tem um day off?

Deborah – A gente chama de dia da carbada, porque você vai colocar muito carboidrato pra dentro! Ela me libera um dia por semana agora. Antes me liberava de 15 em 15 dias até chegar no peso que eu queria. E ela tem a teoria de que nada industrializado é bom. Diz: “Coma bacon, mas tem que ser vivo”. Iogurte desnatado não é vivo, não come. As pessoas falam que sou louca, que meu colesterol deve estar altíssimo, mas a dieta funcionou. Meu colesterol está incrível, fui fazendo o controle. A saúde vai bem, obrigada!

A entrevista na integra você encontra na Glamour de maio

Possibly Related Posts:


Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Vimer assina vitrine de Karl Lagerfeld para Riachuelo

Escrito por Andrea Fialho em . Postado em campanha, Estilo

A Vimer Expecience Merchandising foi a agência escolhida para materializar o conceito da coleção de Karl Lagerfeld para as lojas da Riachuelo. “Karl Lagerfeld é um mito na moda. Um estilista que carrega uma imagem muito forte e muito admirada por todos. Aqui na Vimer somos fãs do seu trabalho. A junção das duas marcas (Riachuelo e Karl) nesta colaboração será um marco histórico para moda nacional e para nós é uma honra participar deste momento”, diz Camila Salek, fundadora e diretora da Vimer.

karl para riachuelo

 

A criação do projeto, que contempla cenários e vitrines, é 100% Vimer e está em perfeita sinergia com os conceitos da coleção. Tanto que a aprovação internacional de Karl Lagerfeld veio categórica, sem modificar nenhum item no projeto final que estará em quatro lojas da Riachuelo: Oscar Freire e Avenida Paulista, em São Paulo, Ipanema, no Rio de Janeiro, e Shopping Pátio Batel, em Curitiba. Além disso, um diferencial na loja da Rua Oscar Freire, em São Paulo, será o uso de Neon e de manequins em movimento.

 

A estrela principal da cenografia é Choupette – gatinha celebridade de Karl -, que vem com uma leitura fun e super colorida. Segundo Camila Salek, a vibração das cores e da própria gatinha como ícone é um excelente elo de conexão com o consumidor brasileiro.

 

A vitrine entra como um teaser no dia 18 de abril, uma semana antes da venda oficial, que inicia dia 27 de abril, após apresentação da coleção em desfile na São Paulo Fashion Week. “A ideia de apresentar a vitrine antes do início das vendas é de promover o contato e desejo do consumidor com a coleção”, revela Camila Salek.

Possibly Related Posts:


Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Dove e sua pesquisa sobre o cabelo na autoestima feminina

Escrito por Andrea Fialho em . Postado em Beleza, campanha, Consumo

Para as mulheres, o cabelo está diretamente ligado à personalidade. Os fios têm essa conexão íntima com a autoestima feminina, mas segundo pesquisa da marca Dove que envolveu mil brasileiras de 16 Estados, com idades entre 18 e 60 anos, essa ligação vai além da própria cabeça.

dove 2016

 

Nove em cada dez mulheres acreditam que são julgadas e rotuladas com base na forma em que usam seus cabelos e por isso se sentem inseguras e pressionadas a seguir determinado “padrão visual”. Entre as entrevistadas, 89% afirmam que o julgamento as deixam ainda mais inseguras, afetando suas relações sociais, opiniões e escolhas.

 

dove campanha 2016

Em paralelo a isso, 89% delas assumem que também julgam umas às outras de forma dura e 93% acredita que seria maravilhoso se todas as mulheres pudessem escolher o visual dos cabelos sem medo ou receio de pré-conceitos.

Entre as pesquisadas, 70% acreditam que as mulheres que deixam os cabelos brancos sem tingir são desleixadas. Quase metade das mulheres ouvidas acha que cabelo liso é mais profissional e que o tom dos fios deve combinar com o tom de pele. Quando o tema é cabelo longo as mulheres maduras também sofrem com esse pré-julgamento, segundo 66% das pesquisadas. Quase 90% das ouvidas pela pesquisa acham que mulheres que tingem o cabelo com cores diferentes (azul, rosa, verde…) são julgadas e 33% têm certeza que essa escolha é só para as muito ousadas.

campanha dove 2016

 

Mais da metade das mulheres abordadas pelo levantamento de Dove mantém os cabelos de certa maneira para agradar o parceiro, os colegas de trabalho ou familiares. Quanto o assunto é um corte ou estilo mais ousado, 78% delas gostariam de experimentar, mas tem medo. E para 48% o receio é ousar e serem julgadas.

Ter o cabelo danificado também tem impacto significativo na confiança e alegria das entrevistadas. Das mulheres que afirmam que seus fios têm danos, 84% se sentem inseguras em relação à sua aparência geral, interferindo em como se portam em situações sociais do cotidiano.

dove6

Esta pressão e o medo do julgamento muitas vezes impede a mulher de ter o cabelo da maneira que ela realmente deseja. Segundo o levantamento elas acreditam que a vida teria um avanço significativo de qualidade se elas não se sentissem julgadas por seus cabelos.

Possibly Related Posts:


Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Como usar slip dress 2016

Escrito por Andrea Fialho em . Postado em Andrea Fialho, Estilo, Papo de Personal Stylist

Sucesso nos anos 90, o slip dress, vestido no estilo “camisola, se confirma como a peça must have de 2016. Depois de fazer seu retorno nas passarelas internacionais de verão 2016 e dar pinta nas coleções nacionais no último SPFW de inverno 2016, o modelo com perfume boudoir invade o pre-fall, provando que não deve sair da wish list das fashionista tão cedo.

slip dress 2016

 E é bem levinho para combinar com as altas temperaturas. Ele aparece tanto para o dia a dia quanto para noite em ocasiões sofisticadas, levando em conta uma troca de acessórios para combinar com cada ocasião.

slip dress como usar

Os delicados vestidos pedem peças de alfaiataria e acessórios de couro mais pesado.

Vai apostar? Eu já encontrei a minha na Zara.

Possibly Related Posts:


Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

O Boticário celebra o Dia da Mulher com uma semana inteira de descontos

Escrito por Andrea Fialho em . Postado em Beleza, Consumo

 

Para celebrar o Dia Internacional da Mulher, e ajudar a deixá-las ainda mais lindas, O Boticário programou uma semana inteira de descontos que chegam a 20%. Foram selecionados itens de diversas categorias para participar da promoção, de marcas como Nativa SPA, Cuide-se Bem, Make B. e Intense. Também participam clássicos da perfumaria como Egeo Dolce e Glamour. Os descontos são válidos entre 7 a 13 de março, ou enquanto durarem os estoques, nos 3.760 pontos de venda ou pelo e-commerce (www.oboticario.com.br), para os itens selecionados.

 

Para anunciar a Pink Week, como foi batizada a semana especial de descontos, a marca preparou uma campanha publicitária que será veiculada em anúncios impressos, MUB e spot para rádios. Também vai correr na página de O Boticário no Facebook uma ação especial para comemorar a data, na qual as mulheres serão convidadas a interagir e contar como a beleza se manifesta na vida de cada uma delas

pink week o boticario

Possibly Related Posts:


Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS